Minha Conta | Ver Carrinho | Finalizar Compra


954-245-7776
Info@abreucoachinginstitute.com

O Poder da palavra não a uma criança

O Poder Da Palavra Nao A Uma Criança

(artigo longo mas importante!)

Todo bebe nasce com seu cérebro (arquivo principal) praticamente vazio das informações deste mundo, e assim ele irá ter que aprender com seus Pais (ou quem o irá criar) em como se relacionar com este mundo externo. Entretanto, como nascemos com nossos sentidos humanos básicos, saciar fome, sede, etc, tambem nascemos com um sentido fenomenal: o de exploradores.

Você já reparou que todo bebe, assim que começa a ver, ele fica olhando o ambiente? ele está explorando e procurando conhecer. Quando ele cresce mais um pouquinho, ele passa a tocar objetos, pegar coisas, para senti-las e tentar explorá-las. Mais uns meses, ele começa a querer experimentar essas coisas, colocando-as na sua orelha, boca, pele, e tambem na boca de quem o está segurando. É sua melhor parte de exploração.

Explorando o ambiente

Nesse seu "processo" de conhecer e se relacionar com o mundo, ele praticamente não tem noção de perigo, é preciso muito cuidado e atenção para ele não se machucar, não se ferir e nem provocar perigo aos outros ao seu redor. É aqui que entra o título deste texto: O poder da palavra não a uma criança.

Todo Pai, ou guardião, irá falar a um bebe, dezenas de vezes a palavra não, durante o dia, no meio de suas tentativas de descobertas. O interessante é que esse espírito explorador do ser humano o levará a praticar muitas "artes" e peraltices que muitas vezes são incompreendidas pelos Pais e eles levam sonoros nãos em suas ações. O que os Pais não sabem é como isso poderá ser prejudicial a essas crianças no futuro. Neste período de infânica se afloram os nãos de todo e qualquer tipo aos pequenos Indiana Jones.

Um Psiquiatra norte Americano, Dr. Shadd Helmstetter, Professor de Psicologia e pesquisador de comportamento humano, realizou uma excelente pesquisa e estudou 15,000 crianças num período de 10 anos, da idade de zero a 10 anos com todos os seus alunos de Psicologia e fez descobertas maravilhosas nesse campo comportamental, de como os nãos da infância podem influenciar uma pessoa adulta em seus estudos, profissão, amizades, casamento e claro, na criação dos filhos.

Levando em conta que uma criança fica acordada em média 10 horas (nos EUA), sua equipe registrou que os pais, babás, avós, professores, colegas, emitem uma média de 3 nãos por hora a uma criança da classe alta da sociedade. Dessa maneira, o Dr Shadd constatou que uma criança ouve a incrível marca de 100.800 nãos até a idade de 10 anos. Sua pesquisa tambem registrou que crianças da classe média Americana ouve até 7 nãos por hora, dobrando assim esse número para mais de 200.000 vezes a palavra não. Imagine um cérebro que nasceu "virgem"crescer ouvindo essa quantidade de nãos.

Os "nãos" variam entre as classes sociais e regiões

No Brasil, esse número poderá variar consideravelmente dependendo da classe social, estados e regiões. Penso eu que esse número poderá chegar com certeza a marca de mais de 300,000 nãos até a idade de 10 anos, pois quanto mais rígida a sociedade (e tambem mais carente) mais nãos serão emitidos.

Desde que os autores dos nãos são os próprios Pais ( familiares) e Professores, fica claro que a programação mental de uma criança vai se deteriorando e sua capacidade de Exploração e Criatividade vai diminuindo ao longo do tempo. Não é de se admirar que o Pessimismo e a baixa estima tem crescido muito ultimamente.

Outra médica, Dra. Chérie Carter-Scott afirma que o excesso de não, criou o "negaolismo", o que ela chama de doença, e que tem afetado milhões de pessoas mundo afora, elevando a insegurança e o pessimismo, que são os princiapais fomentadores do fracasso; Ela afirma que esses nãos que foram ouvidos na infância e adolescência contaminam áreas do cérebro e geram incapacidade para ações, limitando suas aptidões inatas. Isso dispara a Autosabotagem quando adulto.

Mas é todo não que causa esse problema às crianças? A resposta é não; a maioria dos nãos que causam problemas e traumas, que impedem a criatividade e inibem o crescimento, são os nãos relacionados a atitudes das crianças do tipo: Não consegue, não pode, Não tem coragem, Não é bom o suficiente, e isso não é para você; Evite esses urgente!

O "não" necessário

É claro que existem nãos que devem ser ditos, mas te desafio a mudar sua linguagem para aprenda a trocar sua comunicação com os pequeninos e assim, evitar "PROGRAMAR" o cérebro de uma criança para o fracasso ou a derrota. Use palavras do tipo "perigoso" ou " cuidado" e logo em seguida coloque um comando positivo, direto e claro para a criança, do tipo: Filho, isso é perigoso, agora pinte esse caderno. Toda criança entende comandos claros e diretos.

Se você aprendeu algo com este assunto, que tal compartilhar para ajudar milhares de Pais e Mães que desconhecem isso? Vamos contribuir para um mundo melhor? Envie para seus amigos que teriam interesse nesse assunto.

Seu amigo e Coach
Paulo Abreu

CMVF - Produtos em Destaque

Toda e qualquer mudança que alguém pode ter na vida começa com a comunicação. A comunicação é resultado dos pensamentos e se transforma em comportamentos.

Ie1

Inteligência Emocional
8 DVDs+Apostila
de $390 por $240

Cresc 1

Crescimento Emocional
8 CDs
de $120 por $90

Crencas 1

Sistemas de Crenças
4 CDs
de $60 por $50

Aprenda como você pode adquirir melhores resultados e alcançar seus objetivos de uma maneira simples e eficaz.

Veja todos os produtos

Fotos de Cursos e Eventos

Depoimentos sobre Cursos

Valsinéia Araujo
Boca Raton, Florida - Data da Publicação: 27 de Abril de 2011
Para mim o Curso de Inteligencia Emocional me ajudou a treinar minhas emoções. Aprendi a tirar o gerundio do meu vocabulário...

Hayanne Fernandes 
Boca Raton, Florida - Data da Publicação: 24 novembro 2010
O curso de inteligencia emocional, foi muito mais que um curso, pois curso, seria aquilo que eu chamo de uma aula intensa...